Resenha: Raizes e Asas - Ronaldo Luiz Souza

Compartilhe:
Olá Pessoal...

Ontem a noite terminei mais um livro muito bom...
Foi um livro que, ao começar a ler, não imaginei que fosse causar tanto impacto em mim. Eu achei que seria somente mais um que eu estivesse lendo por diversão, mas dele surtiram mais efeitos do que simplesmente me fazer passa o tempo. 
Se for pra eu classificá-lo dentro de um gênero literário, eu o classificaria como drama. O final dele realmente me surpreendeu e olha que eu não sou muito de me comover com livros!!! rsrs...

O livro chama-se RAÍZES E ASAS e foi cortesia do autor RONALDO LUIZ SOUZA, nosso autor parceiro, e publicado pela Editora USINA DE LETRAS, nossa também parceira.

Esse foi um daqueles livros que me fizeram pensar, de um ponto de vista diferente. Eu vou lhes contar um pedacinho dele e quero saber se vocês concordam comigo! 


Sinopse:
              Um pássaro migratório em busca da sabedoria. Um pinheirinho solitário em um vale deserto. Estes são os personagens desta cativante e envolvente estória que nos revela a essência de verdades universais e nos desperta para a preciosidade da vida, da alegria e do amor.
Uma estória simples, contada de forma a cativar milhares de leitores ao redor do mundo. Uma estória que espelha nossas mais profundas dúvidas e nos lança a uma reflexão íntima sobre nossas vidas, nosso ontem e nosso amanhã, aproximando-nos da sabedoria e da arte da liderança, da liberdade e da conquista de um sonho.
             “Raízes e Asas” começa com a devastação de uma floresta milenar em um vale cercado por montanhas. Refúgio de pássaros migratórios que fazem dali um local de descanso nas migrações entre hemisférios, o vale deserto torna-se o cenário do encontro de dois personagens apaixonantes, de mundos completamente diferentes: Um pássaro migratório e um pinheirinho solitário.
             Conseguir respostas e utilizá-las para reconstruir sua identidade e reorientá-lo em seu caminho. Esta é a sabedoria que o migrante Branno busca colher a cada bater de asas. Cercado de perigos em sua jornada, ferido e incapaz de voar, ele se vê forçado a ficar ilhado por todo o inverno num vale deserto. Ali conhece um amigo especial, um pinheirinho, e juntos partilham seus sonhos e esperanças, encorajando-se mutuamente.


Resenha:
A estória começa com Branno, líder de um bando, induzindo seu grupo a parar em uma floresta para que pudessem descansar e se alimentar. Mas deveria ser naquela floresta, pois ela tinha um histórico diferente das demais. Diante de tudo isso, os demais pássaros ficam curiosos para saber o porquê aquela floresta tem uma história diferente das demais.

Branno então começa a contar como tudo começou. Naquela época, quando tudo aconteceu, ele era simplesmente um integrante do bando. Sendo um dos pássaros mais jovens de todo o grupo, não poderia ser ainda o líder. Seu bando, como era um bando migratório, sempre que começava o inverno rigoroso no Norte eles migravam para o Sul e vice-versa. e por consequência passavam sempre por sobre aquela floresta.

Tal floresta era habitada por inúmeras árvores, sendo considerada uma floresta milenar. Nela havia um imenso Pinheiro, que era a árvore mais alta de toda a floresta e também a mais antiga. De seu topo era possível enxergar toda a floresta. Mas um dia chega uma raça estranha àquela floresta, uma raça que destrói seu próprio lar, conhecida como raça HUMANA. Destroem tudo, derrubam todas as árvores, até mesmo o grande pinheiro. Este, na esperança de se perpetuar joga uma sementinha na terra. 

Uma semente que cai na água e em consequência floresce, cresce, dando vida a um novo pinheirinho, que agora se encontra só, em meio a um deserto, em que outrora fora uma verdejante floresta. O grupo de Branno, acostumado a passar por aquele lugar, sempre, ao passarem novamente por lá se deparam com em deserto árido, de solo arenoso, que continha apenas uma pequena árvore. Não podendo mais pararem ali para se alimentarem, eles têm agora de mudar a rota, o que e muito perigoso para a sobrevivência do grupo, e assim o fazem.

Ao chegarem neste novo local deparam-se mais uma vez com a raça que faz questão de maltratar por prazer. Ao pararem nesse novo lugar, encontram um grupo de caçadores, que caçam por esporte. Nesta mudança de caminho metade do grupo foi dizimado, e dentro dessa metade se encontrava o líder do bando. 

Nesse meio tempo Branno assume a liderança do grupo. Nessa liderança eles resolvem passar mais uma vez por sobre a floresta, mas acabam enfrentado uma horrível tempestade, que mais uma vez ataca o grupo já pequeno de Branno. Este quebra sua asa, o que o impede de seguir caminho com o grupo. Sendo assim, o grupo parte sem ele, e ele fica então na floresta, esperando que sua asa melhore, e com a esperança ainda de continuar vivo, pois quando uma ave quebra sua asa, ele não consegue garantir sua própria subsustência.

Agora em meio ao deserto, um Pinheirinho e uma ave. 

Branno descobre toda a sabedoria que um  Pinheiro têm a ensinar. Descobre como encontrar, na solidão, a persevança, a paciência, a LIDERANÇA. Ele e o Pinheirinho, juntos, vão em busca de seus sonhos. O de Branno, recuperar-se e voltar a ser o líder de seu grupo; o do Pinheirinho, constituir novamente uma floresta e não mais ficar sozinho naquela área desértica.

Conseguirão Branno e o Pinheirinho alcançar seus sonhos?? 
Pelo quê mais eles terão que passar pra chegar até lá?
Não vai ser tão fácil assim...

O livro ter um final surpreendente e emocionante. Quem chora com livros, com certeza chorará no final deste também!
Mas eu não vou contar o que acontece (afinal, sem spoilers neah!!)
Vocês vão ter de ler o livro, pois tem um fim maravilhoso!!!
E eu recomendo!!

Fica aqui mais uma resenha pra vocês pessaol... Espero que gostem ...

Um grande abraço a Todos  e boas Leituras!!!


4 Abstraídos comentaram:

  1. é, a capa é interessante! E com essa sua resenha, qm sabe eu leia! já que o final é surpreendente! hihi

    abraço

    http://blogbibliomania.blogspot.com/

  1. Parabéns pela resenha Júnior! Já recebi esse livro do Ronaldo Luiz de Souza, mas vou demorar um pouquinho...Está na minha listinha de 16 livros básicos na frente...Rs
    Abraços!

  1. Ahhh..Só de ler a resenha deu vontade de chorar XD
    Mais um para a listinha de livros.
    Abraçoss!

  1. Nossa que história diferente... so a resenha ja me conquistou!!!!!

Postar um comentário

Seu comentario é importante... Então vamos, mãos a obra!!!