#Lançamento: O Silêncio do Túmulo - Arnaldur Indridason

Compartilhe:
"Autêntico, assombroso, melancólico, de tirar o fôlego." 
                                                                          — Harlan Coben

Que tal algo bem CSI pra hoje?

Então, eu estava vagando por aí e encontrei um livro que me pareceu ser bem parecedo com os episódios de CSI (mas nao conseigo lemrer de jeito nenhum qual foi o site que me mostrou esse livro. Parece que ele surgiu na minha frente como um sinal...)

Mas de qualquer forma, ele me atraiu bastante quando eu li a sinopse e resolvi compartilhar com vocês.Chama-se "O SILENCIO DO TÚMULO" e foi escrito por Arnaldur Indridason.

Trata-se de uma investigação policial (que é um dos tipos que mais me chama atenção) onde a principal pista é um esqueleto que se encontrava enterrado há mais de 60 anos.

A sinopse não diz muito, mas para descrever um bom livro bastam apenas poucas palavras. Sem falar que tenho um faro pra esse tipo de livro e raramente me interesso pelos ruins. Pra mais detalhes, é claro, vamos ter de ler.

Confiram a sinopse

O SILENCIO DO TÚMULO 
Arnaldur Indridason - 320 Páginas - Companhia de Letras

Sinopse: Nas inóspitas paisagens da Islândia, o inspetor Erlendur conduz uma investigação a partir de um esqueleto enterrado há mais de sessenta anos, enquanto sua filha está no hospital, em coma. Nessa narrativa concisa e potente, a memória é o grande fio condutor “Ao narrar um crime de tamanha amplitude emocional e complexidade sociológica, o estilo austero de Indridason ganha contornos épicos.” — The New York Times Book Review “Um fenômeno literário internacional. Autêntico, assombroso, melancólico, de tirar o fôlego.” — Harlan Coben.

 Se algum de vocês já o leu (o que acho pouco provável, pois ainda é lançamento) digam-nos aqui nos comentários.

Abraços!!!

2 Abstraídos comentaram:

  1. Fala aí, Clodoveu!
    Eu até gosto de livros policiais... e O Silêncio do Túmulo é um livro que eu lerei com certeza. Me parece uma obra que realmente faz jus ao gênero. O único ponto que me incomodou foi a capa... Não está ruim, mas poderia transmitir melhor o que o livro realmente traz!

    Um grande abraço,
    Jonathan Henrique

  1. Obrigada por comentar aqui Jonathan!
    Eu também não curti muito a capa, embora de repente, após ler o livro, entenda melhor o que o designer quis fazer ;)

Postar um comentário

Seu comentario é importante... Então vamos, mãos a obra!!!