#Lançamento: Sangue Quente - Isaac Marion

Compartilhe:
“Estou morto, mais isso não é tão ruim.”

É gente...

E lá se foi mais um dia. 1º de maio, um dia que seria um ótimo feriado se não caísse no domingo neah... Mas enfim, começou mais um mê, o que significa que está por chegar mais um montão de livros pra gente.

O primeiro que irei falar esse mês foi publicado, no Brasil, pela Editora LeYa. Intitulado de "SANGUE QUENTE", ele fala de um tema que tenho apreciado bastante depois que li todos os quadrinhos da série "The Walking Dead", zumbis

O livro já está em pre-lançamento pelo Submarino, mas ainda não foi lançado de fato. A data está prevista agora para o dia 5 de maio. O livro foi escrito por Isaac Marion, e seu título original é "Warm Bodies". Ao que me parece, já estão preparendo um filme pra ele pro ano que vem, 2012, um ano bem adequado para falar num tema pós-apocalíptico, onde zumbis e serem humanos devem conviver em "paz".

O livro conta a história de R, um zumbi que vive (vive ???) em crise existencial. Sinceramente, estou esperando alguém ler este livro, procurando um crítica positiva ou negativa. Ficarei esperando. Enquanto isso  ficarei esperando por opiniões de vocês também. Confiram a sinopse e me digam o que esperam dessa história.

SANGUE QUENTE
Isaac Marion - 256 páginas - LeYa

Sinopse: R é um zumbi, tentando se adaptar a essa nova vida, ou morte, ele não sabe muito bem como são as regras. R não sabe quem foi e como chegou até aqui, mas gostaria de pelo menos lembrar o seu nome.

Durante uma caçada pelas ruínas de uma cidade qualquer, R começa a ter flashes das lembranças de um dos “pratos” de seu banquete, e encontra Julie, uma garota que ele sabe que precisa proteger, mas por quê? Quem é essa garota? Por que ela é diferente das outras presas?

Em “Sangue quente”, Isaac Marion apresenta um mundo pós-apocalíptico, em que homens e zumbis precisam sobreviver, cada um a sua maneira. O que aconteceu com as pessoas? Vírus? Maldição? Em meio a essa atmosfera de mistério, destruição e carnificina, nasce um estranho sentimento, e não se trata de fome. Será que pode existir atração entre um zumbi e uma humana?


 “Nunca pensei que poderia gostar tão apaixonadamente de um zumbi. Fiquei pensando na história muito tempo depois de acabar de ler o livro.
                                                                   – Stephenie Meyer, criadora da série Crepúsculo.



aguardo opiniões galera...
Qual sua expectativa com esse livro???

Abraços!!!



6 Abstraídos comentaram:

  1. Expectativas?? eu fiquei só é .. doida pra ler rsrsrs ... adoorei mesmo, seguindo viiu.. beijões

  1. kkk. Sara, eu adoro a tematica ZUMBIS, e este livro me deixou meio expectante por se tratar de um zumbie que conta a história, e ainda em primeira pessoa.

    Fiquei bem curioso!!! =D

    Bjusss

  1. Eitaaaaaaa

    Fiquei super curiosa!

  1. E nao é pra menos neah Jenny...
    Imagina vc lendo uma hisória contada por um Zumbi???

    kkkk

    bjus

  1. Luis disse...:

    Não deixa de ser interessante o fato de um zumbi se apaixonar por uma humana e vice-versa, e só por isso jah merece uma lida de curiosidade! ^^
    talvez eu enconre alguém pra me emprestar um dia... x)

    http://bekadventures.blogspot.com/

  1. Incrível como os "monstros" em geral estão na moda e cairam no gosto das pessoas.
    Adorei a novidade. Muito curiosa para ler.

    Melissa
    espacoeditorial.blogspot.com

Postar um comentário

Seu comentario é importante... Então vamos, mãos a obra!!!