#indicação: 3096 dias - Natascha Kampusch

Compartilhe:

Oi gente...

Então, estou um pouquinho corrido aqui. Começou minha semana de provas na faculdade, então essa semana e semana que vem vão ser um pouco corridas aqui pra mim ... Ontem infelizmente não consegui postar, pois tive que terminar um trabalho que me consumiu um tempo precioso...

Mas digamos que a postagem de ontem simplesmente tenha chegado atrasado tá bom?? Hehehe

Bom, eu estava aqui vendo um jornal e lembrei da história daquela menina que foi sequestrada aos dez anos de idade e ficou não sei quanto tempo. Acredito que muitos de vocês já devem ter visto o livro de biografia que ela escreveu. Então, pra quem gosta de estilo literário tipo biografia é um que não pode ficar fora da estante. Eu acho que um livro desse naipe deve ter no mínimo um pouco de aventura, quem sabe até um suspense???

Eu, particularmente, não gosto do estilo biográfico, mas juro que esse me chamou a atenção. Gostaria de saber o que aconteceu com esse menina que perdeu toda a sua infância trancada dentro de um porão.

3096 DIAS
Natascha Kampusch - 225 páginas - Verus

Sinopse: Em 2006, o mundo parou para acompanhar o desfecho de um dos seqüestros mais longos da História Moradora de Viena, a austríaca Natascha Kampusch havia desaparecido aos dez anos de idade, após sair de casa para ir à escola. Inúmeras buscas foram realizadas pela polícia, sem resultado. Devido a problemas de relacionamento com a menina, sua família chegou a ser acusada de ter tramado o sumiço da garota.

O mistério se dissolveu de forma surpreendente. Após passar oito anos sob o poder de um desconhecido, vivendo em um porão de quatro metros por três de largura, Natascha conseguiu fugir. Em depoimentos à polícia, contou que seu captor, o também austríaco Wolfgang Priklopil, a maltratava e a obrigava a realizar tarefas domésticas. Seus únicos momentos de lazer eram assistindo televisão, ouvindo rádio e lendo.

Do cativeiro, restaram apenas lembranças e um diário escrito ao longo dos anos, que serviu de base para o livro 3096 DIAS. Nele, Natascha contra como aprendeu a viver com seu captor e tenta encontrar uma justificativa para seu rapto e maus tratos. A jovem fala ainda sobre a retomada de uma vida normal, agora sob os holofotes do mundo inteiro.

Lançado inicialmente na Alemanha, o livro já foi traduzido para mais de 20 idiomas e chega agora ao Brasil.

Bom aqui não convém falar um poquinho sobre a autora porque a sinopse já fala muito e o livro bem mais!!! 
Acredito que seja um livro que vala a pena ler sim...

Confiram...


Abraços!!!




4 Abstraídos comentaram:

  1. Humm!! Muito bom o blog. Parabéns!!
    Aproveita e confere o meu http://www.anaflaviaduarte.blogspot.com/

    Abraços...

  1. deiare disse...:

    Eu tbm não sou fã de biografia, ou melhor, acho que nunca li uma, mas tanto essa quanto a do Lobão, eu to louca pra ler...
    Bjos!!!

  1. This Gomez disse...:

    Júnior, estou complesmamente fascinada e horrorizada com esta história (confesso que não conhecia, apesar de estar a par do sucesso de vendas do livro), entrou na minha lista de desejados!

    Seu blog está lindo, já adicionei-o entre os meus seguidos =)

    Beijo!

  1. Eu li um livro da Elizabeth Scott com uma história super parecida com o dessa moça, acredito que teve inspiração no caso dela. Eu gosto de livros que contam a história de vida(interessante) das pessoas...quero ler esse.

    Beijos

Postar um comentário

Seu comentario é importante... Então vamos, mãos a obra!!!