Resenha: O Analista - John Katzenbach

Compartilhe:
"Feliz aniversário de 53 anos, Doutor Starks, e bem Vindo ao primeiro dia de sua morte!!!"



Frederick Starks, psicanalista de Nova Iorque, recebe uma misteriosa e ameaçadora carta em seu consultório médico dizendo que ele está participando de um "jogo", na qual ele deve descobrir quem está o fazendo em duas semanas, pois senão, uma por uma, das 52 pessoas ligadas a Dr. Starks, sofrerão consequências fatais. Mas haveria uma outra forma de acabar com isso, uma maneira mais fácil. Rick só precisava suicidar-se, e sua vidinha monótona se evacuaria, e ninguém daria por falta dele. Afinal, são anos sem contato com seus familiares, que diferença faria se ele morresse ou não?

A princípio Frederick está com Zimmermann em seu consultório, terminando a última sessão do dia, prestes a sair de férias. Com tudo isso, não dá importância para tal fato. E porque daria? Poderia ser simplesmente mais uma brincadeira, não poderia? Não, mas neste caso não era!

No outro dia Starks recebe uma beldade em seu consultório, a qual se auto intitulava Vigílio (um nome um tanto quanto estranho para uma mulher tão bonita). Seria aparentemente mais uma de suas consultas rotineiras, mas não foi.

Em poucos dias sua vida social, sua moral, seu psicológico são totalmente abalados. Tudo desaba simultâneamente. Frederick recebe uma carta do Conselho de Medicina dizendo que está sendo processado por abuso sexual contra uma paciente, suas contas bancárias zeram como se nunca houvesse passado dinheiro por ali. Seu apartemento é inundado, acabando com tudo, sua carreira, seus diplomas, seus pertences, sua vida.

Diante de tantos desastres, Rick não ve outra saída a não ser acabar com tudo o que sobrou. Um corpo, ainda com alma, sem dinheiro, sem moral, sem destino! Sem hesitar, numa bela noite de lua, Rick chega à beirada da praia, vira todos os seus comprimidos na boca e começa a caminhar para a parte mais sombria de um mar noturno.

Seria então o fim da vida de Frederick Starks? Ele largaria tudo? Desistira tão fácil assim, sem saber quem lhe causou tanto sofrimento e dor? E, ainda mais, sem nem saber o porquê?

Não, Rick não era do tipo que desistira facilmente. Mas como ele iria resolver tudo se estava morto?

Pra descobrir o final dessa eletrizante história vocês vão ter de ler o livro!!!

Uma coisa eu garanto pra vocês, esse livro não se tornou um dos meu favoritos com Rick desistindo desse jeito!!!

Com certeza vale a pena conferir!!!!
E aí? Vai ficar se contendo pra ler o livro???

Abraços...

6 Abstraídos comentaram:

  1. MARCINHOW disse...:

    Que sinistro!

    Parece ser bem legal, mas ainda é sinistro!

  1. Esse livro é simplesmente ótimo!!!

    Muito bom mesmo!!!

  1. Nossa.
    Mas um livro para a minha lista gigante de livros que tenho que ler. kk'
    Parece ser muito bom.
    Bj

  1. Thais disse...:

    Olha tenho bastante medo de livros assim, a cada página um susto! mas não resisto de ler mesmo assim kkkkk

    Bjos;)

    www.viajenaleitura.com.br

  1. Nossa, o livro parece ser do tipo que vc só consegue parar de ler qdo termina porque o suspense parece não ter fim.
    Fiquei tentada a ler.
    bjos

  1. deiare disse...:

    Eu adoro livros nesse estilo...Já fiquei com vontade de ler..rsrsrs...O Vício.
    Bjos!!!

Postar um comentário

Seu comentario é importante... Então vamos, mãos a obra!!!